WWDC 2016: macOS Sierra, iOS 10 e watchOS 3

Aconteceu hoje (13) em São Francisco a WWDC (Worldwide Developers Conference) 2016, evento da Apple onde são apresentados os lançamentos da empresa para os desenvolvedores, incluindo novidades para os usuários finais.
Dentre os anúncios temos o macOS Sierra, nova versão do sistema operacional da Apple para computadores e que você costumava chamar de OS X. Tem também o iOS 10, watchOS 3 e uma repaginação em alguns aplicativos que você confere a seguir.

macOS Sierra

Screenshot_20
Muito se especulava se a Apple alteraria o nome do OS X, seu sistema operacional para computadores e macbooks, já que a empresa deixou escapar no último mês uma página de produto onde eram apresentadas as compatibilidades e, no meio disso tudo, surgiu o nome macOS.
Por fim se concretizou, o OS X passou a se chamar macOS e a sua nova versão é tem o nome de Sierra.
Além da mudança de nome, a Apple anunciou o Auto Unlock, funcionalidade para desbloquear o seu computador sem precisar digitar senhas, apenas usando a proximidade do seu iPhone ou Apple Watch. Algo similar ao Google Smart Lock, disponível no ChromeOS.
Screenshot_21
Outra novidade interessante é a chegada da Siri ao desktop. Agora você pode utilizar comandos de voz para realizar tarefas simples, buscar documentos dentro do sistema, fazer pesquisas na internet e responder algumas perguntas programadas. De acordo com a Apple, a Siri para desktop roda em background, assim se você estiver utilizando um aplicativo em tela cheia, poderá chamá-la sem problemas.
siri-macOS
O Apple Pay, disponível anteriormente apenas para iPhone, agora tem uma versão web. Você seleciona a forma de pagamento e quando finalizar a compra, autoriza no seu iPhone.
apple-pay-web
A Apple anunciou também o Universal Clipboard, tornando mais fácil o copiar/colar entre dispositivos iOS e macOS. Com ele é possível copiar um texto do iPhone e colar em um documento no macOS, ou vice-versa.
universal-clipboard
E, por fim, a Apple adicionou suporte de abas em todos os aplicativos possíveis no macOS. Agora você pode organizar mapas, documentos e pastas dentro de abas para melhor manuseio. Aplicativos de terceiros também ganharão a função.

Abas no macOS.

Abas no macOS.


O macOS Sierra já está disponível para desenvolvedores e terá um beta público disponibilizado em julho. A versão final chegará como atualização gratuita para os usuários até o final do ano.


iOS 10

Novas notificações no iOS 10.

Novas notificações no iOS 10.


Das novidades da Apple, a que mais recebeu atenção foi o anúncio do iOS 10. A nova versão do sistema operacional para dispositivos mobile traz um punhado funcionalidades úteis e outras completamente descartáveis.
A primeira diferença notória está na Lock Screen, redesenhada para um maior conforto visual e com o “Raise to wake”, ou seja, o iPhone mostra a tela apenas com o movimento da mão, não precisando apertar nenhum botão. Algo similar ao que o Moto X faz desde 2013.
As notificações agora possuem suporte ao 3D Touch, abrindo pequenas janelas de conversação para que você responda rapidamente. Aplicativos de terceiros também poderão explorar as novas notificações, como o Uber, por exemplo. Ao pressionar a notificação, você poderá ver onde está o seu carro no momento, sem precisar desbloquear o telefone e abrir o aplicativo.
Ao deslizar para a direita na lock screen, você acessará a sua câmera. Se deslizar para a esquerda, seus widgets favoritos lá estarão. Você poderá personalizar a seção de widgets com coisas do seu interesse e que, também, terão suporte ao 3D Touch para funcionalidades extras.
Widgets no iOS 10.

Widgets no iOS 10.


Se você deslizar para cima terá o painel de controle e, para baixo, a central de notificações, como de costume. Ambos redesenhados.
Integração da Siri com o Lyft.

Integração da Siri com o Lyft.


A Siri também ganhou novidades e, agora, está aberta para desenvolvedores. Isso quer dizer que cada vez mais teremos aplicativos compatíveis com a função.
A integração foi aprimorada e agora além de abrir os aplicativos, ela consegue executar certas funções dentro dos mesmos. Pedir um carro no Uber ou Lyft ficou mais fácil, bem como iniciar uma corrida no Runtastic ou realizar chamadas pelo Skype ou Viber.
O Apple Maps também ficou mais inteligente. Além de receber novidades no design, como zoom em movimento enquanto você dirige, o aplicativo permite também que você encontre um restaurante, reserve sua mesa, chame um Uber e pague por isso sem sair dele. Tudo de uma vez só.
Novo Apple Maps.

Novo Apple Maps.


O Apple Music e o Apple News também receberam um redesenho. O Apple Music agora exibe a letra das músicas que você ouve.
Uma coisa que me pareceu boba foi a tentativa desesperada da Apple em tentar impressionar com o aplicativo de mensagens. Uma dúzia de funcionalidades foram apresentadas, mas nenhuma realmente útil, apenas perfumarias descartáveis.
Agora é possível enviar mensagens animadas, escritas a mão, stickers, mensagens que são ocultas e só aparecem ao passar do dedo e respostas rápidas.

Das mudanças úteis: Agora você pode escrever em diversos idiomas sem precisar alterar o teclado.
Teclado multi-idioma.

Teclado multi-idioma.


Das mudanças não-tão úteis: Sugestões de emoji para substituir palavras. Vale lembrar que a Sony possui uma tecnologia parecida nos seus smartphones android, sugerindo emojis para palavras digitadas.
Substituição de palavras por emoji.

Substituição de palavras por emoji.


A Apple também reformulou o Photos, trazendo funcionalidades já conhecidas de outras plataformas como o Google Photos, por exemplo. Uma delas é a criação automática de vídeos com as suas fotos e reconhecimento facial, disponível com o nome de Memories. Agora o aplicativo consegue organizar suas fotos por data e criar álbuns específicos como “fim de semana na praia”.
O iOS 10 já está disponível para desenvolvedores, terá uma versão beta pública em julho e chegará como atualização gratuita para os usuários até o final do ano.
A má notícia? Donos de iPhone 4S e iPads de segunda geração estão fora da atualização.


watchOS 3

watchOS3
O sistema operacional para o Apple Watch também ganhou novidades. Sete vezes mais rápido, o watchOS agora mantém aplicativos na memória e traz também um novo algoritmo para que cadeirantes pratiquem exercícios físicos.
apple-watch
Agora é possível compartilhar e acompanhar os resultados da prática de exercícios físicos com os seus amigos. De acordo com a Apple, essa funcionalidade motiva os usuários a compararem os resultados e continuarem se exercitando.
Outra novidade interessante é o Scrible, funcionalidade que permite digitar mensagens desenhando as letras no watch.
scrible
Um recurso útil adicionado ao watchOS é o SOS. Isso mesmo, agora você tem um botão de emergência que pode ser ativado segurando o botão lateral do watch. Com isso, o sistema automaticamente inicia uma ligação de emergência e envia mensagem de socorro aos contatos pré-definidos.
O watchOS 3 está disponível para desenvolvedores e deve chegar aos usuários até o final do ano.


O @ResumoTEC acompanhou o evento da Apple ao vivo e na integra para colher as informações acima. Comentários foram feitos em tempo real pelo Twitter e Facebook. Se você quer acompanhar os futuros eventos com a gente, siga nossas redes sociais e fique por dentro das novidades quando e onde elas acontecem. =)

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *