Tag - apple

WWDC 2016: macOS Sierra, iOS 10 e watchOS 3

Aconteceu hoje (13) em São Francisco a WWDC (Worldwide Developers Conference) 2016, evento da Apple onde são apresentados os lançamentos da empresa para os desenvolvedores, incluindo novidades para os usuários finais.

Dentre os anúncios temos o macOS Sierra, nova versão do sistema operacional da Apple para computadores e que você costumava chamar de OS X. Tem também o iOS 10, watchOS 3 e uma repaginação em alguns aplicativos que você confere a seguir.

macOS Sierra

Screenshot_20
Muito se especulava se a Apple alteraria o nome do OS X, seu sistema operacional para computadores e macbooks, já que a empresa deixou escapar no último mês uma página de produto onde eram apresentadas as compatibilidades e, no meio disso tudo, surgiu o nome macOS.

Por fim se concretizou, o OS X passou a se chamar macOS e a sua nova versão é tem o nome de Sierra.

Além da mudança de nome, a Apple anunciou o Auto Unlock, funcionalidade para desbloquear o seu computador sem precisar digitar senhas, apenas usando a proximidade do seu iPhone ou Apple Watch. Algo similar ao Google Smart Lock, disponível no ChromeOS.
Screenshot_21

Outra novidade interessante é a chegada da Siri ao desktop. Agora você pode utilizar comandos de voz para realizar tarefas simples, buscar documentos dentro do sistema, fazer pesquisas na internet e responder algumas perguntas programadas. De acordo com a Apple, a Siri para desktop roda em background, assim se você estiver utilizando um aplicativo em tela cheia, poderá chamá-la sem problemas.
siri-macOS

O Apple Pay, disponível anteriormente apenas para iPhone, agora tem uma versão web. Você seleciona a forma de pagamento e quando finalizar a compra, autoriza no seu iPhone.
apple-pay-web

A Apple anunciou também o Universal Clipboard, tornando mais fácil o copiar/colar entre dispositivos iOS e macOS. Com ele é possível copiar um texto do iPhone e colar em um documento no macOS, ou vice-versa.
universal-clipboard

E, por fim, a Apple adicionou suporte de abas em todos os aplicativos possíveis no macOS. Agora você pode organizar mapas, documentos e pastas dentro de abas para melhor manuseio. Aplicativos de terceiros também ganharão a função.

Abas no macOS.

Abas no macOS.

O macOS Sierra já está disponível para desenvolvedores e terá um beta público disponibilizado em julho. A versão final chegará como atualização gratuita para os usuários até o final do ano.


iOS 10

Novas notificações no iOS 10.

Novas notificações no iOS 10.

Das novidades da Apple, a que mais recebeu atenção foi o anúncio do iOS 10. A nova versão do sistema operacional para dispositivos mobile traz um punhado funcionalidades úteis e outras completamente descartáveis.

A primeira diferença notória está na Lock Screen, redesenhada para um maior conforto visual e com o “Raise to wake”, ou seja, o iPhone mostra a tela apenas com o movimento da mão, não precisando apertar nenhum botão. Algo similar ao que o Moto X faz desde 2013.

As notificações agora possuem suporte ao 3D Touch, abrindo pequenas janelas de conversação para que você responda rapidamente. Aplicativos de terceiros também poderão explorar as novas notificações, como o Uber, por exemplo. Ao pressionar a notificação, você poderá ver onde está o seu carro no momento, sem precisar desbloquear o telefone e abrir o aplicativo.

Ao deslizar para a direita na lock screen, você acessará a sua câmera. Se deslizar para a esquerda, seus widgets favoritos lá estarão. Você poderá personalizar a seção de widgets com coisas do seu interesse e que, também, terão suporte ao 3D Touch para funcionalidades extras.

Widgets no iOS 10.

Widgets no iOS 10.

Se você deslizar para cima terá o painel de controle e, para baixo, a central de notificações, como de costume. Ambos redesenhados.

Integração da Siri com o Lyft.

Integração da Siri com o Lyft.

A Siri também ganhou novidades e, agora, está aberta para desenvolvedores. Isso quer dizer que cada vez mais teremos aplicativos compatíveis com a função.

A integração foi aprimorada e agora além de abrir os aplicativos, ela consegue executar certas funções dentro dos mesmos. Pedir um carro no Uber ou Lyft ficou mais fácil, bem como iniciar uma corrida no Runtastic ou realizar chamadas pelo Skype ou Viber.

O Apple Maps também ficou mais inteligente. Além de receber novidades no design, como zoom em movimento enquanto você dirige, o aplicativo permite também que você encontre um restaurante, reserve sua mesa, chame um Uber e pague por isso sem sair dele. Tudo de uma vez só.

Novo Apple Maps.

Novo Apple Maps.

O Apple Music e o Apple News também receberam um redesenho. O Apple Music agora exibe a letra das músicas que você ouve.

Uma coisa que me pareceu boba foi a tentativa desesperada da Apple em tentar impressionar com o aplicativo de mensagens. Uma dúzia de funcionalidades foram apresentadas, mas nenhuma realmente útil, apenas perfumarias descartáveis.

Agora é possível enviar mensagens animadas, escritas a mão, stickers, mensagens que são ocultas e só aparecem ao passar do dedo e respostas rápidas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Das mudanças úteis: Agora você pode escrever em diversos idiomas sem precisar alterar o teclado.

Teclado multi-idioma.

Teclado multi-idioma.

Das mudanças não-tão úteis: Sugestões de emoji para substituir palavras. Vale lembrar que a Sony possui uma tecnologia parecida nos seus smartphones android, sugerindo emojis para palavras digitadas.

Substituição de palavras por emoji.

Substituição de palavras por emoji.

A Apple também reformulou o Photos, trazendo funcionalidades já conhecidas de outras plataformas como o Google Photos, por exemplo. Uma delas é a criação automática de vídeos com as suas fotos e reconhecimento facial, disponível com o nome de Memories. Agora o aplicativo consegue organizar suas fotos por data e criar álbuns específicos como “fim de semana na praia”.

O iOS 10 já está disponível para desenvolvedores, terá uma versão beta pública em julho e chegará como atualização gratuita para os usuários até o final do ano.

A má notícia? Donos de iPhone 4S e iPads de segunda geração estão fora da atualização.


watchOS 3

watchOS3
O sistema operacional para o Apple Watch também ganhou novidades. Sete vezes mais rápido, o watchOS agora mantém aplicativos na memória e traz também um novo algoritmo para que cadeirantes pratiquem exercícios físicos.

apple-watch

Agora é possível compartilhar e acompanhar os resultados da prática de exercícios físicos com os seus amigos. De acordo com a Apple, essa funcionalidade motiva os usuários a compararem os resultados e continuarem se exercitando.

Outra novidade interessante é o Scrible, funcionalidade que permite digitar mensagens desenhando as letras no watch.
scrible

Um recurso útil adicionado ao watchOS é o SOS. Isso mesmo, agora você tem um botão de emergência que pode ser ativado segurando o botão lateral do watch. Com isso, o sistema automaticamente inicia uma ligação de emergência e envia mensagem de socorro aos contatos pré-definidos.

O watchOS 3 está disponível para desenvolvedores e deve chegar aos usuários até o final do ano.


O @ResumoTEC acompanhou o evento da Apple ao vivo e na integra para colher as informações acima. Comentários foram feitos em tempo real pelo Twitter e Facebook. Se você quer acompanhar os futuros eventos com a gente, siga nossas redes sociais e fique por dentro das novidades quando e onde elas acontecem. =)

Confirmado: iPhone 6S chega dia 13 de novembro ao Brasil

iphone-6S

A Apple já publicou no site oficial as informações sobre a chegada do iPhone 6S no Brasil. E como os rumores apontavam, o aparelho realmente desembarca por aqui na metade de novembro, dia 13.

Ainda não foram divulgados os preços dos modelos, mas especula-se que o modelo mais barato seja vendido pela bagatela de 4 mil reais. Abaixo você confere os preços previstos por sites especializados:

iPhone 6S:

  • 16 GB: R$ 3.999
  • 64 GB: R$ 4.299
  • 128 GB: R$ 4.599

iPhone 6S Plus:

  • 16 GB: R$ 4.299
  • 64 GB: R$ 4.599
  • 128 GB: R$ 4.899

Vale lembrar que estes preços não são oficiais, são previsões feitas por alguns sites especializados no assunto.

Apple libera o watchOS 2.0

Atualização watchOS 2.0

Atualização watchOS 2.0 (TechCrunch.com)

Com o lançamento previsto para o dia 16 deste mês, mas adiado em decorrência de um bug descoberto na última hora, a atualização para o sistema operacional do Apple Watch finalmente foi liberada para download.

O watchOS 2.0 em sua versão final já está disponível e chegará como atualização over-the-air. Para atualizar, é necessário que o usuário pareie seu Apple Watch com o iPhone conectado a uma rede Wi-Fi. Pode ser que você não veja a atualização imediatamente, isso porque a distribuição demora até chegar em todos os servidores e, também, porque a Apple está utilizando um sistema de filas para não prejudicar a velocidade de download dos usuários.

A atualização traz correção de bugs, algumas modificações e novidades interessantes para desenvolvedores. Agora é possível criar apps nativos utilizando todos os sensores do relógio. Outras adições incluem direções de tráfego, suporte expandido a Siri, novas “Watch Faces”, um modo noturno e a possibilidade de ir “ao futuro” para saber a previsão do tempo.

↪ Com informações de TechCrunch

Os preços do Apple Watch no Brasil

Os rumores surgiram ontem (18) e rapidamente espalharam-se pelos sites de tecnologia do país. A Apple estaria prestes a divulgar os preços do Watch no Brasil.

E não demorou muito, hoje (19), os preços já estão no site oficial e acabaram surpreendendo muita gente que achava que a empresa abusaria nos valores.

A versão mais barata é o Watch Sport, com caixa de alumínio de 38mm, sai por R$ 2.899,00 e está disponível em 6 modelos diferentes. Existem também outras 6 versões deste modelo, porém com caixa de 42mm, custando R$ 3.299,00.

Já a versão principal, denominada Watch, tem o modelo de entrada por R$ 4.599,00, com caixa de 38 mm de aço inoxidável. Possui 10 versões disponíveis e, como o modelo anterior, também estão disponíveis outras 10 versões com a caixa maior de 42 mm, por R$ 4.999,00.

Já o Watch Edition, versão ostentação, começa por singelos R$ 80.000,00. Este com pulseira esportiva e caixa de ouro rosa 18 quilates, ou apenas caixa de ouro 18 quilates, de 38 mm. Também está disponível uma versão com 42 mm por R$ 95.000,00.

Tem também as versões com pulseiras especiais e com caixas de 38 e 42 mm de ouro 18 quilates que começam em R$ 120.000,00 e vão até R$ 135.000,00.

As páginas das lojas já estão disponíveis e você pode consultar todos os detalhes nos links abaixo:

Tem um iPhone de 8GB? O iOS 9 vai ser perfeito pra você

Aparelhos como o iPhone 5c serão beneficiados com a chegada do iOS 9. Foto: Wired

Aparelhos como o iPhone 5c serão beneficiados com a chegada do iOS 9. Foto: Wired

O iPhone nunca foi barato. Nem lá nos Estados Unidos e muito menos aqui no Brasil, quando vemos seu preço alcançar a quantia de quase R$5 mil. Por isso, muitos acabam optando por versões anteriores do telefone da Apple. Atualmente, além do iPhone 6 e 6 Plus, a maçã comercializa o iPhone 5c e iPhone 5s.

No caso do 5s, estão disponíveis as capacidades de 16 e 32 GB de armazenamento, o que consegue satisfazer a maioria das pessoas. O problema vem quando a gente descobre que o iPhone de entrada, o 5c (R$ 1499,00) vem com pífios 8GB. Leve em conta que os iPhones não tem espaço para cartão de memória e que parte dos 8GB é consumido pelo sistema (estão disponíveis cerca de 6,5GB) e você logo se verá apagando fotos, músicas e aplicativos.

Foi pensando nesses usuários que a Apple lançou uma tecnologia nova com o iOS 9. Trata-se do App Thinning. Através dele, a empresa oferecerá aos desenvolvedores a possibilidade de disponibilizar apenas um pedaço do código do app que o iDevice precise. Exemplo: se um jogo como o Vain Glory, que foi otimizado para rodar em dispositivos 64-bit (iPad Air ou superior; iPhone 5s ou superior) for baixado em um iPhone 5c (processador 32 bits), ele não precisará usar todo o código que permite ele ser mais otimizado para dispositivos recentes. Além do App Thinning, a Apple revelou que o download da atualização do iOS ficou bem menor que a do iOS 8. Serão necessários apenas 1,3GB, perto dos 4,58GB que eram necessários na última grande atualização do sistema operacional móvel da maçã.

O que chamou a atenção também foi que mesmo aparelhos de quatros anos, como iPad 2 e iPhone 4s serão atualizados para a última versão do sistema. A título de comparação, aparelhos Android da Samsung como o SII, lançado em 2011, não serão atualizados para a versão mais recente disponível do sistema do Google, o 5.0 Lollipop.

Confirmado: Apple Music chega ainda este mês ao Brasil

apple-music1
O Apple Music, serviço de streaming de músicas da Apple, foi anunciado na segunda-feira (8) durante a WWDC 2015. Como noticiamos, ainda não havia informações de quando o serviço chegaria ao Brasil. Porém, de acordo com o blog MacMagazine, o serviço deve chegar ainda este mês ao Brasil. A informação foi confirmada pelo próprio blog com a Apple.

O serviço deve chegar no dia 30 de junho, junto com a atualização 8.4 do iOS. É possível que a Apple também libere uma nova versão do iTunes com suporte ao serviço.

O Apple Music oferecerá uma demonstração gratuita de três meses antes que você comece a pagar pelo serviço. O preço mensal de uma assinatura é de US$ 9,99, porém não se sabe quanto vai custar o serviço por aqui.

A página em português do Apple Music já está disponível e pode ser acessada aqui.

↪ Fonte: MacMagazine

WWDC 2015: Tem iOS 9, Apple Music e WatchOS 2

wwdc
Na manhã de segunda-feira (8) ocorreu a WWDC 2015 (Worldwide Developers Conference), conferência anual da Apple para desenvolvedores, onde sempre ocorrem anúncios de novos softwares da empresa.

Neste ano, a Apple falou um pouco sobre as novas versões dos sistemas operacionais, serviço de streaming de música, Car Play e Apple Pay.

Abaixo você confere as principais novidades da empresa para o mercado.


iOS 9

A tão esperada atualização do sistema presente nos dispositivos da Apple foi anunciada oficialmente. Uma das novidades do sistema é a Siri, que agora ficou mais inteligente. A assistente pessoal da maçã ganhou um recurso chamado Proactive, que fornece informações úteis e dados contextuais de acordo com a sua localização, similar ao Google Now.

O novo recurso leva em conta seus hábitos, sua localização e as informações salvas no aparelho para exibir dados. É como se agora a Siri fosse realmente uma assistente pessoal. As funções variam desde iniciar um aplicativo de música ao conectar um fone de ouvido, até lembrar você de sair de casa para algum evento marcado no seu calendário.

Vale lembrar que a função não é limitada ao sistema, mas está integrada em diversos outros aplicativos, como no Mail, por exemplo.

iOS 9

iOS 9

Além das novas funções, o iOS 9 traz uma leve repaginada no visual com mudanças até na tipografia básica do sistema.

Outra novidade interessante é para o iPad Air: Agora ele é multitarefa. Exatamente, agora é possível rodar dois aplicativos lado-a-lado no tablet. Com a função Picture in Picture, você pode assistir um vídeo enquanto faz outra coisa. Além disso a tela para alternar entre aplicativos sofreu um update e agora há suporte para teclas de atalho, caso você use um teclado físico.

Sobre o mapas: As rotas de transporte público finalmente chegaram. Mas calma lá, a funcionalidade será restrita inicialmente às cidades de Nova York, Toronto, Londres, Chicago e algumas outras cidades da China. O aplicativo também será capaz de encontrar comércio local com indicador se o estabelecimento suporta o Apple Pay, sistema de pagamentos da Apple.

Mapas aprimorado.

Mapas aprimorado.

Além das novidades visíveis, o iOS 9 demonstra uma melhoria no gerenciamento de energia e desempenho. De acordo com a Apple, o iPhone 6 rodando iOS 9 pode ter a duração de bateria aumentada em uma hora. Outra novidade interessante é que o iOS 9 necessita apenas de 1,3 GB de armazenamento, contra os 4,3 GB da versão anterior.

Como havíamos noticiado anteriormente, o iOS vai mesmo estender a vida útil de alguns aparelhos antigos, incluindo o iPhone 4S. Abaixo, uma lista dos dispositivos que receberão a atualização.

Lista de dispositivos que receberão atualização para o iOS 9.

Lista de dispositivos que receberão atualização para o iOS 9.


Apple Music

apple-music

Os rumores foram confirmados, a Apple anunciou o seu serviço de streaming de músicas. Com a premissa de centralizar o conteúdo produzido pelos artistas, desde clipes e músicas, o Apple Music tem integração com o aplicativo clássico de Música e contará com uma estação de rádio 24h controlada por DJs.

O serviço possui funções exclusivas e algumas já conhecidas, como o “For You”, uma aba com recomendações baseadas nas músicas que você já ouviu e sugestões dos especialistas da Apple. Tem também a aba “Connect”, onde os artistas poderão deixar mensagens para os fãs, divulgar as novidades e postarem fotos. Como dito anteriormente, o Apple Music quer centralizar o conteúdo produzido em um só lugar.

Algumas músicas disponíveis no iTunes também estão no Apple Music, assim como videoclipes. Como nos outros serviços de streaming, será possível compartilhar playlists e baixar para ouvir offline.

Sabe-se que o Apple Music terá um custo mensal de US$ 9,99 para um usuário, dando a opção de um pacote família pelo preço de US$ 14,99, para até seis pessoas.

O lançamento oficial está marcado para 30 de junho, onde o serviço chegará para mais de 100 países. Em princípio a Apple revelou que o Apple Music terá um período de três meses para que o usuário experimente o serviço antes de começar a pagar. O Apple Music estará disponível para iOS, Android, OS X e Windows.

Ainda não há informações de quando o serviço chegará ao Brasil.


OS X – El Capitan

osx-el-capitain

O novo update para o sistema operacional da Apple é focado no desempenho e praticidade, trazendo melhorias para a execução das tarefas. Batizada de “El Capitan”, a atualização chega com novidades que vão desde gestos no trackpad para realizar ações até os Pinned Sites no Safari.

Mac OS X El Capitan

Mac OS X El Capitan

Os Pinned Sites permitem que você fixe determinadas páginas da web no próprio navegador, algo semelhante ao que o Google Chrome faz com o “Fixar Guia”. Outra novidade para o Safari é a possibilidade de silenciar abas que estejam emitindo algum som com apenas um clique.

Recurso de "Pinned Sites" no Safari.

Recurso de “Pinned Sites” no Safari.

O Spotlight também foi aprimorado, tirando o gesso das pesquisas utilizando linguagem formal para tornar a experiência mais natural e próxima da linguagem utilizada pelo usuário no dia-a-dia. Durante a apresentação do sistema, os exemplos citados foram “Documentos que abri em junho” e “emails que ignorei de Phil”, mostrando que a busca realmente funciona de maneira mais informal. Além disso, o Spotlight será capaz de exibir a previsão do tempo, informações sobre esportes e bolsa de valores.

Mac OS X El Capitan

Mac OS X El Capitan

A empresa também apresentou mudanças em outros aplicativos nativos do sistema, como a possibilidade de escrever mais de um email simultaneamente no Mail com a utilização de abas. Outra novidade para o Mail é a possibilidade de executar ações simples, como deletar um email, com gestos no trackpad. Há também mudanças no aplicativos de Notas e uma função para dividir a tela com aplicativos, o Split View. Função essa semelhante ao Snap do Windows.

osx-el-capitan-2

Além das novidades em usabilidade, a Apple afirmou que a maior mudança do Mac OS X El Capitan está no desempenho. De acordo com a empresa, a abertura de aplicativos está 1,4x mais rápida em relação à versão anterior do sistema, o Yosemite. Alternar entre programas também teve a velocidade dobrada.

De acordo com o anúncio, a versão de testes do OS X 10.11 El Capitan estará disponível para desenvolvedores a partir de segunda-feira (8). O beta público chega em julho e a versão final até o final do ano. A atualização será gratuita.


Apple Watch

watch
O relógio inteligente da Apple ganhou uma atualização de sistema e um pacote de desenvolvimento de aplicativos nativos.

O que melhora em relação aos aplicativos de terceiros? O primeiro ponto positivo é que com apps nativos o Watch terá uma resposta melhor em desempenho, levando em consideração que anteriormente os apps rodavam no iPhone, causando lentidão na comunicação entre o smartphone e o relógio.

Com o pacote de desenvolvimento (SDK) será possível criar aplicativos para o Watch utilizando toda a sua capacidade e seus inúmeros sensores, assim como a coroa digital.

O novo sistema do Apple Watch, o watchOS 2, traz uma série de aprimoramentos em relação ao seu antecessor, incluindo novas funções de relógio, recursos de monitoramento de saúde, Apple Pay, melhora na comunicação, Mapas e Siri.

watch2

Com a atualização, o Apple Watch será capaz de mostrar o tempo de um voo, o nível de carga de um carro elétrico e até placares esportivos.

Watch OS 2

Watch OS 2

Há também um novo recurso batizado de “Viagem no Tempo”, que permite avançar e retroceder até 72 horas para ver eventos futuros ou que já passaram.

Viagem no Tempo (Time Travel)

Viagem no Tempo (Time Travel)

Outra novidade é o Time-lapse, recurso que mostra locais famosos de todo o mundo filmados durante 24h. Além disso, o usuário será capaz de escolher uma imagem de fundo, que será sobreposta pela exibição das horas, ou escolher um álbum completo para que as imagens se alternem toda vez que houver o movimento para ver as horas.

Watch OS 2 com plano de fundo.

Watch OS 2 com plano de fundo.

O watchOS 2 para desenvolvedores já está disponível e a versão final deve chegar para os usuários em outubro, como atualização gratuita.


↪ A WWDC 2015 ocorreu na manhã de segunda-feira (8/06) e este texto foi escrito utilizando como base os portais Tecnoblog, Canaltech e Apple Press Info.

Novo iOS pode estender a vida de aparelhos antigos da Apple

iphone-4s
Com a previsão de chegada do iOS 9, rumores sobre diversos aspectos do sistema começaram a tomar conta da rede. O último deles é que as novas versões dos sistemas operacionais da Apple serão focadas em maior estabilidade e performance (really?).

De acordo com o 9to5Mac, site especializado em Apple e que geralmente acerta nas previsões, o novo iOS 9 será otimizado para rodar suave nos aparelhos mais antigos da empresa, como o iPhone 4S e iPad Mini, por exemplo. Já que as últimas atualizações não foram pensadas para eles, muitos usuários até conseguiram fazer o update, outros não tiveram a mesma sorte.

Com essa informação, especulações sobre uma versão Light do sistema surgiram. Seria como se a Apple disponibilizasse duas versões do mesmo sistema: Uma com as otimizações e funcionalidades para os novos hardwares e outra somente com os ajustes de software.

Essa medida, além de estender a vida útil dos aparelhos dos usuários, ajuda a mantê-los bem cotados no mercado. O iPhone 5C, por exemplo, teria uma sobrevida e seria bem recebido pelos usuários, já que não ficaria ultrapassado tão rápido como aconteceu com os antigos aparelhos da Apple. Aliás, depois da última atualização, o 5C já não roda tão suave como quando foi lançado, ou seja, estaria causando uma má impressão de uso aos consumidores que, dificilmente, comprariam um novo aparelho da empresa.

Mesmo assim, é preciso esperar um pronunciamento da Apple sobre o assunto. Afinal, são apenas rumores.

Com informações de TheVerge.

Como um Apple Watch pode esvaziar seu bolso

Durante uma demonstração do novo Apple Watch, o repórter da CNET Scott Stein, acidentalmente comprou um Xbox One. Isso graças ao botão “comprar com um clique” disponível no aplicativo para o gadget.

Ao pesquisar pelo produto como um teste, o repórter acidentalmente clicou no botão errado ao tentar adicionar o produto à sua lista de desejos, como mostra o vídeo abaixo:

Felizmente a compra pode ser cancelada, mas imaginem uma criança brincando com o seu Apple Watch?

Apple abre o envio de apps para o Watch

A Apple abriu na última terça-feira (31) o envio de aplicativos para o seu novo Apple Watch. A partir de agora os desenvolvedores já podem fazer os ajustes finais nos seus apps e enviá-los para que a empresa avalie se ele poderá ser disponibilizado na AppStore ou não.

O Apple Watch foi anunciado no ano passado e teve seu lançamento marcado para o próximo dia 24 de abril.

Para que o aplicativo seja analisado é necessário que o desenvolvedor atenda aos requisitos básicos impostos pela empresa. Tais requisitos, que incluem o envio de cinco capturas de tela, regras para descrição e ícone do aplicativo, foram publicados em um guia que pode ser acessado clicando aqui.

Com informações da Apple.

As novidades do Apple Watch e o novo Macbook

No último dia 9 a Apple realizou um evento no Yerba Buena Center for The Arts, em São Francisco, onde apresentou detalhes sobre o Watch e o novíssimo Macbook.

Apple Watch

Como muitos já sabem, o Apple Watch é o relógio inteligente da maçã e foi anunciado no ano passado junto com o iPhone 6. Porém só agora os detalhes foram anunciados oficialmente.

Apple Watch (Reprodução Apple.com)

Apple Watch (Reprodução Apple.com)

No evento, a empresa demonstrou as funcionalidades do relógio (algumas já conhecidas), apresentou um vídeo com os materiais utilizados na concepção e anunciou os preços. Vai da versão modesta até a versão O$TENTAÇÃO.

Apple Watch Sport: US$ 349 (38 mm) / US$ 399 (42 mm).
Apple Watch (Aço): US$ 549-1.049 (38 mm) / US$ 599-1.099 (42 mm).
Apple Watch Edition (Ouro 18 quilates): a partir de US$ 10.000,00.

A pré-venda começa no dia 10 de abril, como já havíamos comentado, e o lançamento oficial no dia 24. Não há informações sobre quando chegará ao Brasil e, com esses preços que Apple anda praticando por aqui, prefiro que nem chegue mesmo.

“O melhor MacBook”

A empresa aproveitou o evento para anunciar o novo MacBook. O clássico notebook da Apple sofreu um reboot violento, deixando o aparelho mais fino e elegante.

Macbook (Foto: TheVerge)

Macbook (Foto: TheVerge)

As especificações incluem uma tela de 12 polegadas, 13,1 mm de espessura e aproximadamente 900 gramas. O processador é um Intel Core M, diferente das outras versões dos computadores da empresa, como os Core i5 utilizados nos MacBooks Pro e Air. A escolha deste processador foi motivada pelo foco da empresa em construir um MacBook fino e sem ventoinhas, o que só foi permitido pelo pouco consumo de energia e baixo aquecimento gerado por ele.

A autonomia de bateria foi prejudicada, tendo em vista a duração da bateria de um Air (que é de 12h), o novo MacBook dura cerca de quatro horas a menos. O motivo? Não se sabe, mas pode ser que a tela retina de 2304×1440 pixels (226 PPI) contribua com isso.

Outra novidade apresentada é o teclado, muito criticado por quem já testou, demonstra ser “semelhante à digitação em um teclado virtual de tablet”.

Novo teclado do Macbook (Foto: TheVerge)

Novo teclado do Macbook (Foto: TheVerge)

O ponto que causou preocupação no novo MacBook é quanto a conexão: O novo aparelho vem apenas com uma porta USB-C. Exatamente, é por ali que serão conectados os seus acessórios e até o carregador da bateria. Do outro lado, temos a conexão padrão para fones de ouvido. Em suma, você só poderá conectar mais de um acessório se comprar um adaptador por singelos US$ 80.

USB-C do MacBook. (Foto: TheVerge)

USB-C do MacBook. (Foto: TheVerge)

Os preços começam em US$ 1.299 nos Estados Unidos para a configuração de 8GB RAM, 256GB SSD e em três cores disponíveis: preto, prata e dourado. No Brasil o novo MacBook já está em pré-venda na loja oficial da Apple por R$ 8.499,00 e o lançamento oficial está marcado para 10 de abril.

Aproveitando o evento, a Apple Brasil também fez reajustes nos preços dos seus demais produtos, aumentando cerca de 10%. Vale a pena? Não.

Com informações de The Verge

Apple convida imprensa para evento sobre o Watch

A empresa da maçã disparou hoje os convites à imprensa americana para um evento datado para 9 de março (segunda-feira) no Yerba Buena Center for The Arts, em São Francisco. Sites especializados já especulam que o evento será focado no Apple Watch, o primeiro relógio-inteligente da empresa, que, segundo o CEO da empresa Tim Cook, começará a ser vendido em abril.

O que sabemos sobre o Apple Watch

Apple Watch (Reprodução Apple.com)

Apple Watch (Reprodução Apple.com)

Até agora já foram divulgadas algumas informações sobre o Apple Watch, como modelos e funcionalidades. O relógio terá três modelos distintos: O Apple Watch, Apple Watch Sport e Apple Watch Edition. Eles terão acabamento em alumínio, ouro e aço, respectivamente.

Dentre as funcionalidades anunciadas, estão a localização GPS, giroscópio, acelerômetro, conectividade 3g e Wi-Fi. Também sabe-se que o dispositivo será sincronizado com o iCloud, serviço em nuvem da Apple, como seus demais produtos. Além de tarefas cotidianas, o Apple Watch tem foco na atividade física que, com o auxílio de dois aplicativos e o monitoramento cardíaco embutido, ajudarão o usuário a se manter ativo.

Há também a Digital Crown, como uma coroa comum para ajustar a hora de um relógio, porém essa serve tanto para aumentar ou diminuir o zoom ou rolar uma lista, por exemplo.

Como dito anteriormente, no lançamento do iPhone 6, ano passado, Tim Cook já havia anunciado que o Apple Watch seria comercializado no início de 2015. Sites especializados confirmaram a informação para abril deste ano.

O que nos resta agora é acompanhar este evento para sabermos dos planos da empresa.