MS e operadora russa se aliam em oferta de PCs

Uma operadora de telefones móveis da Rússia é a mais nova provedora de serviços a se juntar à Microsoft para oferecer PCs com Windows por meio de assinaturas do programa Unlimited Potential da empresa.

A parceria com a Mobile TeleSystem OJSC (MTS), anunciada nesta quarta-feira (13/02) durante o Mobile World Congress, em Barcelona, é semelhante a outras parcerias da Microsoft no Brasil e no México que buscam facilitar o acesso de países em desenvolvimento à tecnologia.

Leia mais sobre o Mobile World Congress

Com a parceria, a Microsoft entregará, em junho, computadores rodando o Windows Vista que já permitem o acesso à banda larga para assinantes da Mobile TeleSystem, em vez de cobrar uma taxa separada por esse serviço. As duas empresas também devem introduzir novos serviços móveis de comunicação que poderão ser acessados por esses PCs, mas ainda não revelaram quais serviços serão.

Tanto os computadores quanto os serviços serão oferecidos para cerca de 85 milhões de clientes da MTS na Rússia, Ucrânia, Uzbequistão, Turcomenistão e Belarus, como parte do programa MTS Connect, afirmou a empresa.

O acordo da MTS se assemelha às alianças que a Microsoft já tem com as operadoras Telmex, no México, e Telefônica, no Brasil, que oferecem computadores de baixo custo por meio do Subscription Computing Program (SCP), anterior ao Unlimited Potential . O SCP tornou-se parte do Unlimited Potential, pelo qual a Microsoft trabalha com líderes de comunidades de países onde a tecnologia ainda não tem tanto impacto nos negócios e nas comunicações.

O Unlimited Potential está diretamente relacionado com a idéia de “capitalismo criativo”, de Bill Gates, a qual afirma que empresas devem se unir aos governos e às organizações não governamentais (ONGs) para descobrir formas de ajudar os mais pobres sem sacrificar seus modelos de negócio. Gates recentemente reforçou essa idéia no discurso que fez no World Economic Fórum, em Davos, na Suíça.

Analistas apontaram outro motivo pelo qual a Microsoft estaria interessada em ajudar países emergentes: a briga contra o Linux, que tem se mostrado uma opção de tecnologia mais acessível e mais barata. Certamente, o Unlimited Potential e o capitalismo criativo combinam altruísmo com interesses financeiros, e os executivos da Microsoft já admitiram a necessidade de investir em educação e desenvolvimento para colocar softwares como Office e Windows nas mãos de pessoas que não poderiam adquiri-los.

Fonte: MundoWEB

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *