Twitter passa a coletar lista de aplicativos que você instalou

twitter
Aplicativos que coletam dados do usuário existem aos montes, você mesmo deve ter instalado algum e deu acesso até a sua agenda telefônica a ele. É assim, ao instalar, se você não revisar, concede acesso à muitas coisas que você nem imagina. Uma atitude um tanto abusiva que tem (na maioria das vezes) o intuito de oferecer propagandas adequadas a você.
O Twitter, serviço popular de microblog, passava longe disso com seu aplicativo. Pois é, passava. Pois na última semana o serviço atualizou seus termos de privacidade e incluiu a coleta de dados do usuário. A finalidade? Sim, oferecer anúncios contextuais de acordo com as características de cada usuário.
Mas quais dados serão coletados? Calma, a princípio a única coisa que o Twitter quer é a sua lista de aplicativos instalados. Com isso ele ajusta suas ofertas com base nos seus gostos, seja por jogos ou aplicativos de Food-Delivery.
A coleta de dados não é novidade, o Google faz isso há muito tempo, ou você acha que anúncios com algo que você pesquisou há pouco são coincidências? O Facebook, um pouco mais intrusivo, também faz uso da coleta de dados para exibir seus anúncios. Você acha que o site ganha tanto dinheiro como? Exatamente, oferecendo anúncios certos para pessoas que provavelmente estão procurando aquele produto.
Voltando ao Twitter, se você acha muita invasão a sua privacidade, você pode desativar a coleta de dados acessando as configurações do aplicativo. Está lá, tudo explicadinho no centro de ajuda do site: https://support.twitter.com/articles/20172069-what-is-app-graph-on-twitter

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *