Microsoft desiste de adquirir a Yahoo!

Finalmente a novela “Microhoo” acabou, e da pior maneira possível (para ambas as partes): sem um acordo. Steve Ballmer aparentemente cansou de esperar um posicionamento de Jerry Yang, e enviou, no sábado, uma carta aberta para o CEO da concorrente.

Na carta, Ballmer agradece à Yahoo! por ter considerado a oferta, e diz que não dá para elevá-la ainda mais, lembrando que já houve um aumento de U$ 5 bilhões sobre a inicial, totalizando U$ 49,6 bilhões. Isso representa U$ 33,00 em cada ação da empresa, algo que, até 31 de janeiro, quando a oferta inicial foi realizada, era praticamente impossível acontecer de um dia para o outro – como de fato ocorreu.

Ballmer deu uma cutucada forte no acordo feito recentemente entre Yahoo! e Google, no qual a primeira passou a veicular anúncios da segunda nos resultados do serviço de buscas. Ele disse que isso inviabiliza o acordo, e mina o futuro da empresa.

Agora, a dúvida é como o mercado reagirá, e como as empresas sairão dessa. Acredito que Ballmer mordeu a isca da Yahoo!, que claramente buscava alternativas à venda e, ao mesmo tempo, enchia o saco dos executivos da Microsoft. Conseguiu.

[.Via WinAjuda.]

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *