Tag - Yahoo

Apple pretende remover o Google do iOS

google-apple

Sabemos que desde o lançamento do Android, a Apple vêm reduzindo a participação do Google no sistema operacional da empresa. A exemplo disso temos a remoção do Gmail e Youtube, aplicativos que vinham instalados por padrão no sistema da maçã. Tem também o Google Maps, substituído por uma versão (não tão boa) própria da empresa.

O único resquício do Google nos dispositivos da Apple é com o Search, que é o motor de busca padrão do iOS. Porém até isso está por acabar. Isso porque o contrato firmado entre as empresas encerrará no início de 2015 e, ao que tudo indica, seria a oportunidade perfeita da Apple se livrar de vez da empresa de Mountain View.

Fontes ligadas a companhia afirmam que a Microsoft e o Yahoo! estariam estreitando os laços com a Apple no intuito de substituir esse motor de busca. Ainda não se sabe à quantas andam as negociações e nem se elas realmente estão acontecendo, mas tudo indica que o Google não terá o seu contrato (muito bem pago) renovado.

É, claramente uma sinuca de bico, pois se isso realmente acontecer, a experiência de uso dos dispositivos iOS pode ser comprometida, tal como aconteceu com a conturbada substituição do Google Maps pelo Apple Maps. Mas, caso seja substituído, temos as duas possibilidades com o Bing, que é o motor de busca padrão do Spotlight no OS X Yosemite, e com o Yahoo!, que agora é o motor de busca padrão do Firefox, da Mozilla.

Há também, embora remota, a possibilidade de a Apple estar trabalhando em uma solução própria para os dispositivos, como fez com o Apple Maps. Mas em visão de desenvolvimento, é muito mais fácil oferecer um serviço de mapas do que um de busca no padrão do Google e Bing. Isso não seria trabalho de apenas alguns meses. Pouco provável, mas não impossível.

E vocês, acham que a Apple deveria substituir o Google pelo Bing ou Yahoo!?

Com informações de MeioBit.

Firefox usará o Yahoo! como mecanismo de busca padrão

Na busca de desenvolver um “navegador para todos”, o CEO da Mozilla Chris Beard anunciou em um post a parceria firmada com o Yahoo! para utilizar o buscador da empresa como padrão nas futuras versões do Firefox.

Virgin-flight-27-600x421

Atualmente o navegador da Mozilla vem pré-definido com o Google como principal buscador, desde 2004, podendo ser alterado para o Bing, Yahoo!, eBay, Amazon, Wikipedia e Twitter.

De acordo com Beard, a proposta da empresa é promover a escolha e a inovação, dando aos usuários uma sensação de maior controle das suas vidas on-line.

A parceria, com duração inicial de cinco anos, começa a valer a partir de dezembro, quando os usuários dos Estados Unidos terão acesso a uma “busca melhorada”, com um novo design e algoritmo otimizado. Vale lembrar que os outros buscadores continuarão disponíveis, basta selecionar o seu favorito nas configurações do Firefox.

Yahoo! lança rede para desenvolvedores de games

yahoo-gamers-network
No último dia 19 a Yahoo! lançou a Yahoo Games Network, uma espécie de rede para desenvolvedores de games.

Segundo a empresa, a intenção é juntar desenvolvedores em uma única rede, onde podem criar novos games utilizando o SDK já disponibilizado pelo próprio Yahoo!. Na rede os programadores poderão receber avaliações e ajuda dos outros usuários na criação do seu jogo, distribuir e monetizá-los utilizando as ferramentas da empresa.

De acordo com um post no blog da Yahoo!, a empresa estaria trabalhando com grandes desenvolvedoras na nova rede, incluindo Rumble Entertainment, DreamWorks e SGN, o que seria uma porta de entrada para pequenos programadores.

Para acessar a rede e começar a desenvolver seu próprio game, clique aqui: http://gamesnet.yahoo.com/

Google, Bing e Yahoo! anunciam parceria para padronizar a web

Algo surpreendente, o Google acaba de anunciar uma parceria com os rivais Bing e Yahoo!. A finalidade desta união é padronizar as marcações de dados nas páginas da internet.

“Hoje anunciamos o schema.org, uma iniciativa do Google, Bing e Yahoo! para criar e apoiar um vocabulário comum para a marcação de dados estruturados em páginas web. Com o schema.org, os proprietários de sites e desenvolvedores podem aprender sobre dados estruturados e melhorar a forma como que os sites aparecem nos principais motores de busca. O site pretende ser uma central de recursos para os webmasters”, declarou a empresa em seu blog.
A decisão é semelhante ao ocorrido em 2006, quando as empresas chegaram a um acordo quanto aos sitemaps utilizados nas páginas web. A iniciativa visa padronizar um esquema para os diferentes motores de busca indexarem as páginas de uma forma semelhante.