Ballmer: “Microsoft pode estender vendas do Windows XP”

Update: tio Ballmer tá sem moral. Momentos após sua declaração, realizada na Bélgica, alguém da Microsoft se pronunciou na sede da empresa, em Redmond, e disse que o cronograma para o fim das vendas do XP está inalterado (fonte). Cada coisa, viu…

Steve Ballmer.Alguém aí duvida que o carequinha ao lado é maluco? Para quem não o conhece, uma breve explicação: o nome dele é Steve Ballmer, amigo das antigas de Bill Gates, atual CEO da Microsoft, e dono de algumas frases infelizes e inconseqüentes. A última foi divulgada hoje. É a seguinte:

“XP will hit an end-of-life. We have announced one. If customer feedback varies we can always wake up smarter but right now we have a plan for end-of-life for new XP shipments.”

Para quem não entende bolhufas de inglês, ele diz, basicamente, que um dia o ciclo do Windows XP se encerrará, que a Microsoft escolheu uma data para tal (30 de junho), mas que, caso os consumidores pensem diferente, a empresa pode reconsiderar essa decisão.

Tipo… Onde Ballmer esteve nos últimos dois anos?

A justificativa dele é que, pasmém, o consumidor não quer o XP. Revendoores, de acordo com Ballmer, vendem mais PCs com Vista do que com XP, e entre os consumidores a preferência pela última versão do Windows também existe. Disse, ainda, que a preferência pelo XP existe apenas em ambiente corporativo, pelo fato de empresas precisarem trabalhar com hardware defasado e, portanto, incapaz de rodar o Vista satisfatoriamente.

Então tá.

Fonte: WinAjuda (texto retirado integralmente do site Winajuda).

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *