Microsoft vai pagar para quem usar sua busca

A Microsoft anunciou ontem que começará a pagar aos usuários que começarem a usar o seu serviço de buscas na internet. A medida é uma nova tentativa da empresa de ganhar espaço no lucrativo mercado de publicidade on-line, que atualmente é dominado pelo Google, depois de não conseguir fechar a aquisição do Yahoo!.

O sistema da Microsoft, que só vale para residentes nos Estados Unidos, é bastante simples: ela pagará uma porcentagem do valor da compra dos usuários que utilizarem a sua ferramenta de comparação de preços (search.live.com/cashback). Quando acumular US$ 5, o usuário, que precisa se cadastrar no site da Microsoft, poderá pedir o reembolso. O percentual varia de acordo com o produto e o próprio site calcula o valor do reembolso.

“Nós queremos fornecer o melhor resultado em buscas”, afirmou Bill Gates, o presidente do conselho da Microsoft. “Isso [a ferramenta] está dando [aos consumidores] um motivo para usar uma determinada busca e ganhar algo em troca.”

Segundo a companhia, 700 empresas, como Sears e Barnes & Noble, participarão da ferramenta e mais de 10 milhões de produtos serão oferecidos.

O mecanismo não é novidade. A companhia usa a tecnologia do site Jellyfish –adquirido pela própria Microsoft no final do ano passado–, que tem um sistema de comparação de preços semelhante ao do brasileiro BuscaPé, só que pagando comissão aos consumidores.

Com o novo serviço, a Microsoft pretende atrair mais consumidores para o seu serviço de buscas e, conseqüentemente, para a publicidade ligada a essas buscas, que é hoje a maior fonte de renda dessas empresas. Atualmente o Google tem cerca de 60% do mercado de buscas nos EUA, e a Microsoft é apenas a terceira maior do setor, com quase 10% –o Yahoo! tem pouco mais de 20%, segundo a consultoria comScore.

Como parte do programa, a Microsoft também vai permitir que os anunciantes paguem pela publicidade somente quando for realizada uma compra, em vez de quando o anúncio é clicado. Para a companhia, esse modelo permite um retorno mais preciso do investimento.

“Nós acreditamos que o serviço de busca pode dar muito mais em troca para consumidores e anunciantes e enxergamos o reembolso pelo Live Search como uma importante oportunidade para oferecer algo mais”, disse Gates. “[O mecanismo] vai ajudar os anunciantes a conseguirem mais vendas on-line ao mesmo tempo em que dá aos consumidores uma nova maneira de “alongarem” o seu dinheiro.”

[.Via FolhaOnline.]

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *