Windows 7 deve resolver pendências do Vista

A próxima versão do sistema operacional Windows, a sétima, deve honrar as promessas não cumpridas pelo Windows Vista. A nova versão já está sendo analisada pelo governo americano e, mesmo sem nome definido, possui os “apelidos” Vienna e Blackcomb, dados pelos seus desenvolvedores.

Já encontra-se na internet uma versão milestone do sistema, mas é muito instável e não possui garantia da empresa. A referência é “Windows 7 Milestone 1 (M1) Ultimate Edition Build 6.1.6519.1” e não é muito diferente do atual Windows Vista. Além disso, para usá-lo é preciso instalá-lo por cima do Vista, ou seja, ainda não dá para formatar o HD e realizar a instalação do zero.

A princípio, o Windows 7 deve ficar pronto no final de 2009, a não ser que se atrase como o Vista e, inicialmente, apresenta-se com visual Aero com leves retoques. A Microsoft afirmou, para as próximas versões oficiais de teste, que vai lançar um novo visual adicional ao Aero.

Na prática, as mudanças são muito pouco significativas, pois se for analisado o código-interno do sistema, trata-se do Windows 6.1 (mesma versão do Vista SP1 e do Windows Server 2008), mas com uma “build” um pouco mais avançada. O Vienna deve trazer as versões finais do Internet Explorer 8, Windows Media Player 12 e DirectX 11, além da provável estréia do WinFS (Windows File System), um recurso prometido desde o desenvolvimento do Vista. Trata-se de um novo sistema de arquivos, superior ao NTFS atual, que pretende ser mais rápido, seguro e com menos problemas de fragmentação.

[.via imasters.]

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *