É o fim da história com o Yahoo!, afirma executivo da Microsoft

da Reuters, em Londres

A Microsoft chegou ao “fim da história” com o Yahoo! e agora irá se concentrar em sua própria estratégia de se tornar líder no fornecimento de serviços on-line, afirmou o presidente da Microsoft International.

Jean-Philippe Courtois disse numa entrevista em Londres, nesta terça-feira (6), que a Microsoft fez uma oferta convincente, mas decidiu se retirar pois as “estrelas não se alinharam”.

Mark Lennihan/AP
Ações do Yahoo! caíram 15% na segunda-feira, no primeiro dia de funcionamento do mercado após a Microsoft retirar sua oferta
Ações do Yahoo! caíram 15% na segunda-feira, no primeiro dia de funcionamento do mercado após a Microsoft retirar sua oferta

“Decidimos seguir em frente. Basicamente retiramos nossa oferta e continuamos executando nossa estratégia de nos tornar provedora líder de serviços de internet em anúncios on-line, mídia, redes sociais e etc”, afirmou.

Questionado se este seria mesmo o fim da história com o Yahoo!, o executivo respondeu: “Absolutamente, esse é o fim da história. Estamos seguindo em frente porque nossa estratégia é muito clara.”

O executivo-chefe do Yahoo!, Jerry Yang, disse na segunda-feira (5) que ainda está aberto a um possível acordo com a Microsoft e que foi a empresa de softwares que decidiu abandonar as negociações.

“Nunca dissemos que havia um preço para pegar ou largar”, disse Yang ao jornal “Financial Times”.

A retirada da oferta da Microsoft pelo Yahoo! aconteceu após as empresas não alcançarem um acordo sobre o preço da negociação, que durou cerca de três meses.

Ele também afirmou que o Yahoo! deixa uma porta aberta para novas conversas. “Se eles tiverem alguma coisa nova para discutir, nós estaremos abertos. E eu estou mais do que disposto a ouvir.”

As ações do Yahoo! caíram 15% na segunda-feira, no primeiro dia de funcionamento do mercado após a Microsoft retirar sua oferta.

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *