Adeus placa de vídeo?


Em um evento (MOA – Master Overclocking Arena, Las Vegas) ontem, a Intel apresentou a nova linha de processadores i7.
Até aí tudo bem, mas o que chama a atenção foi o pronunciamento de Paul Otellini, CEO da empresa. Segundo Otellini, os futuros computadores serão capazes de rodar jogos com altos gráficos sem precisar de uma placa gráfica. Neste tal evento, até foi mostrado desktops sem placa de vídeo rodando jogos de alta performance.
A nova linha do Core i7 possui uma performance 40% a mais que seu antecessor e rodará games 50% melhor. A previsão é de que estes processadores estejam disponíveis nos EUA a partir de maio.
Analistas comentaram que esta foi uma declaração exagerada, mas Otellini garante que, a remoção das placas gráficas nos PCs do futuro, é inevitável.
E eu aqui, alegre por que rodo Left 4 Dead 2 no meu notebook com Core i3… Com um desses aí eu tô feito! =P
Fonte [info]

Share

You may also like...

7 Responses

  1. Raphael Chaib disse:

    Não acho tão inevitável assim. As placas de vídeo podem sim sair do PC pros usuários mais comuns, que não jogam tanto ou não fazem tanto uso da placa de vídeo.
    Os ramos são muito distintos e as GPUs estão com uma tecnologia incrível e só estão propensas à melhorar cada vez mais.
    A GPU integrada na CPU é só parte da evolução. Digamos que é como se fosse a substituta da famosa “placa de vídeo onboard”, que na verdade usa parte da memória RAM pra cache e processamento dos gráficos.
    Isso vai ser uma evolução tremenda, claro, mas só pros usuários comuns. Gamers, cientistas, designers, cinéfilos e pessoas que mexem com edição de vídeo com certeza ainda optaram por placas de vídeo, sem dúvidas isso sim é inevitável.
    A não ser que as duas empresas (a que produz GPU e a que produz a CPU) se unam pra realmente revolucionar o mercado.
    A AMD e a ATI são uma só, mas também não chegaram neste ponto de substituir uma placa de vídeo no desktop, e acho que nem querem por enquanto. Eles estão ainda na fase de integração de GPU na CPU para mobile.
    Isso sim é útil.

    • Tiago Santana disse:

      Então, se a Intel se unisse com a Nvidia (NIntel? xD), você acha que, aí sim, revolucionaria o mercado? Já que são as empresas tops em seus ramos.

      • Raphael Chaib disse:

        Acho que ainda não. NVIDIA e Intel já estão com planos pra se juntarem e partirem pra esse campo, mas ainda só pra mobiles.
        Acho que quem vai comandar essa evolução pra desktops e etc é a AMD, por enquanto, por já estar acostumada com a tecnologia há mais tempo e ter as estruturas já formadas pra uma ser compatível com a outra, além de ter um custo-benefício melhor.
        Essa revolução de não usar mais placa de vídeos pra tarefas mais leves e jogos medianos só vai acontecer daqui uns anos.
        Como a holografia é um dos próximos passos, a placa de vídeo ainda vai ser necessária, sem dúvidas. 🙂

        • Tiago Santana disse:

          Ahhh pode crer!
          Also, ainda têm a questão do 3D. Será necessário uma placa de vídeo decente, não?
          Acho que, se eu montar um PC, será utilizando AMD e ATI, por essa questão do custo-benefício. Parece sair mais barato e você sai com um bom PC. =P

  2. bruckxd disse:

    Ouço essa história sobre o Larrabee desde 2008.

  3. auto mechanics disse:

    Great site. A lot of useful information here. I’m sending it to some friends!

  4. Daniel Mariano disse:

    Eu adquiri um produto i7, e te garanto que essa plava onboard Intel HD é boa mas não é lá essas coisas, ainda tive que apelar para uma placa offboard para melhor desfrutar dos jogos e alguns aplicativos, ela é boa no que se destina a multimídia, filmes, mas para processamento de jogos e programas mais pesados, não vale a pena, ainda tem uma longa estrada para que as placas onboard substituam as off.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *