Criadores do Vine lançam aplicativo para competir com o Periscope

O Twitter vem sofrendo uma significativa perda de valor de mercado nos últimos três anos, estando longe dos 50 bilhões que valia em 2013, pico máximo do serviço.

Somando isso ao desespero em vender a plataforma, os atuais responsáveis pela rede decidiram encerrar o aplicativo Vine, conhecido por permitir a gravação de vídeos de até 6 segundos. O Vine foi lançado em junho de 2012 e, para época, era uma novidade bastante interessante, atraindo até mesmo atores já conhecidos que faziam esquetes de humor no tempo disponibilizado no serviço, que foi adquirido pelo Twitter em outubro do mesmo ano.

A decisão de acabar com o Vine não foi bem recebida pelo público, porém sabemos que serviços assim não se sustentam por muito tempo sem rentabilidade, ou seja, anúncios ou patrocinadores.

Agora, depois de terem seu projeto finalizado, os criadores do Vine estão se empenhando em uma nova ferramenta aos moldes do Periscope e Facebook Live: O Hype.

A novidade é que o aplicativo permite adicionar algumas perfumarias à transmissão ao vivo, como músicas, animações e até usar imagens do seu smartphone para fazer uma apresentação de slides em tempo real. O funcionamento é similar ao dos concorrentes, notificando os usuários quando alguém inicia uma transmissão para que estes possam interagir.

O Hype foi lançado recentemente para iOS e deve chegar ao Android em seguida.

         

Quem Escreveu Ver Todos os Posts Site do Autor

Rafael Ramos

Estudante ferrenho de tecnologia da informação, desenvolvedor dedicado, gamer casual, escrevedor compulsivo e musicista. Twitter / Facebook